Soluti apresenta Certillion Cloud Saúde durante a Hospitalar 2019

Evento acontece em São Paulo e reúne os grandes players do mercado para debater sobre produtos, tendências e inovação na área da saúde.

Participaremos da 26ª Hospitalar, o maior evento da área de saúde das Américas, que acontece entre os dias 21 e 24 de maio, no Expo Center Norte. A feira reúne profissionais do setor para apresentar as principais inovações como produtos e serviços para hospitais, laboratórios, farmácias, clínicas e consultórios

Na ocasião, a Soluti em parceria com a Vault ID apresentará o Certillion Cloud Saúde, desenvolvido com foco nos problemas apontados pelas instituições de saúde em relação ao uso do Certificado Digital para eliminação do prontuário físico. A tecnologia também possibilita armazenar e utilizar Certificados Digitais do tipo A3 em nuvem, e oferece duplo fator de autenticação – tornando o sistema mais seguro – e a praticidade de assinar documentos, laudos e prontuários de forma digital, por meio de um dispositivo móvel, a qualquer hora e em qualquer lugar.

“O produto elimina um gap importante dentro do segmento de saúde que passa pelas mesmas dificuldades dos outros setores, que lidam com muitos dados e alto custo para armazenamento e trânsito de documentos. Com o Certillion Cloud Saúde, o profissional pode fazer a autenticação e usar o Certificado Digital, que é instalado em um Hardware Security Module (HSM) –  repositório criptográfico em nuvem, e esse recurso elimina a necessidade do médico de se deslocar, possibilitando maior facilidade e comodidade, além de segurança para o usuário”, afirma Júlio Mendes, Diretor Comercial da Soluti.

Para Mendes, “a Hospitalar é um dos mais importantes eventos para o mercado, onde poderemos nos aproximar das principais lideranças. Além disso, nada mais providencial do que levar às instituições e público presentes uma solução inovadora e voltada para a sua área de atuação”, destaca.

 

Sobre Certillion Cloud Saúde

Segurança – Um dos principais benefícios do Certillion Cloud Saúde está no seu nível de segurança. Ele conta com um duplo fator de autenticação para comprovar que a pessoa por trás da assinatura digital é realmente quem diz ser – um primeiro no computador quando acessa o prontuário eletrônico e o segundo, via aplicativo, em que é feita a autenticação via código OTP para efetuar a assinatura digital. “Optamos por substituir a ferramenta de Certificação Digital anterior pelo Certillion Cloud Saúde por conta de uma série de fatores, como facilidade na implantação, integração com os sistemas que usamos no hospital, geração de melhor performance e, acima de tudo, pela questão da segurança no momento de efetuar a assinatura digital”, conta Fabio Gamer, Gerente de TI do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Flexibilidade – Integrado aos principais sistemas de ERP hospitalar, a tecnologia permite que qualquer rede hospitalar consiga se plugar e ter acesso às assinaturas dos profissionais do seu corpo clínico, de modo que o médico não precisa mais ter um Certificado Digital para cada hospital que trabalha. O hospital consegue compartilhar o Certificado Digital daquele médico com todas as demais instituições de saúde em que ele trabalha. “Decidimos implantar o Certillion Cloud Saúde primeiramente na ala de UTI por ser uma unidade crítica que nos possibilitou testar a solução em diversas circunstâncias, além de ser uma área que necessita de cuidados constantes. E logo percebemos as principais vantagens como a segurança e velocidade das informações, a praticidade ao médico que pode assinar digitalmente os prontuários pelo celular, e a redução de custo com o papel, o que nos gerou mais produtividade. Agora temos muito mais agilidade e performance dos processos internos do hospital”. Segundo, Louise Lyra Diretora de Suprimentos e TI do Hospital Anchieta

Redução de custos – Com as soluções até então existentes neste mercado, os hospitais e laboratórios têm dois caminhos a seguir: a primeira, por meio da compra ou aluguel do HSM e de toda a infraestrutura por trás dele, com custos altos em torno de R$ 100 a R$ 200 mil, além da necessidade de adquirir um segundo HSM de contingência. E a segunda opção, para evitar um custo desse porte, usar Certificados tradicionais tipo A1 e A3 em mídias como Token e Smartcard. O problema deste segundo modelo é que ele custa ao hospital a aquisição de módulos de assinatura digital para integrar ao ERP, além de muito suporte aos diversos Drivers e DLLs para comunicação com o Certificado. Segundo, o Coordenador de TI do Hospital Unimed Chapecó, Glauber de Bortoli, que aderiu ao Certillion Cloud Saúde, em 2018. “Com a solução, ampliamos a excelência do serviço oferecido aos nossos clientes, com a adoção da troca de documentos eletrônicos contribuímos para a preservação do meio ambiente. Além disso, no prazo de um ano, já conseguimos uma diminuição em mais de 90% no volume de papel, gerando consequentemente uma economia nos custos de armazenamento de documentos e impressões”.

O post Soluti apresenta Certillion Cloud Saúde durante a Hospitalar 2019 apareceu primeiro em Soluti Responde.

Powered by WPeMatico